COMPARTILHAR

Em Botucatu, Cury se reelege, Miltinho fica fora do Congresso e em Bauru Rodrigo Agostinho é eleito deputado federal

Em Botucatu, o atual deputado Fernando Cury (PPS) se reelegeu para seu segundo mandato na Assembleia com 98.018. Com esses números, aumentou a sua votação em relação a última eleição quando obteve 85.925 votos.

Em Bauru, com a expressiva votação de 100.179 votos, Rodrigo Agostinho (PSB) foi eleito deputado federal. O ex-prefeito recoloca Bauru na Câmara dos Deputados após 20 anos de amargura, pois o último deputado federal pela cidade foi Tuga Angerami. Com a totalidade das urnas apuradas, Rodrigo é o terceiro candidato mais votado da coligação PSB/PPS/PTB/PSC, que fez sete cadeiras por São Paulo.

Em São Manuel aconteceu uma grande baixa, com a não reeleição do deputado federal Milton Monti (PR) que deve ficar com a primeira suplência. Ele teve 54.543, bem inferior aos 115.942 votos da última eleição. Também o puxador de votos, Tiririca, com de 1 milhão de votos que levou Miltinho a ser eleito na última eleição, desta vez ele teve apenas cerca de 430 mil e não ajudou o são-manuelense que nem em São Manuel, seu reduto eleitoral, Monti foi o mais votado do pleito, perdendo o posto para o candidato Fernando Capez (PSDB) 4.246 (22,57%) contra 3.070 (16,32%) de Monti, na cidade de sua família onde já foi prefeito.

O deputado do PR está no quinto mandato no Congresso, já foi deputado estadual por dois mandatos e iniciou a carreira política como prefeito de São Manuel em 1983, sendo o mais jovem prefeito eleito da época.

Bauru não elege deputado estadual após 50 anos

Bauru disputou a eleição com 25 candidatos, porém nenhum deles conseguiu uma cadeira na Alesp. Com isso, ficará de jejum depois de 50 anos tendo representantes ocupando cargos na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Veja mais Notícias da região O Rolo Bauru

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área para comentários
COMPARTILHAR